Temos independência editorial mas podemos receber comissões se você adquirir uma VPN usando nossos links.

A VPN não está desbloqueando a Netflix? Experimente estas soluções

Simon Migliano é um especialista em VPNs reconhecido mundialmente. Ele já testou centenas de serviços de VPN e suas pesquisas foram apresentadas na BBC, no New York Times e outros.

Pesquisa adicional por Luke Williams

Nosso veredito

Se a sua VPN não estiver funcionando com a Netflix, é sinal de que o serviço de streaming baniu o endereço IP do servidor VPN. O jeito mais simples de corrigir o problema é usar uma VPN otimizada para streaming. Outra opção é tentar se conectar a outro servidor no mesmo país ou excluir os cookies e limpar o cache do navegador.

Ilustração de um usuário de VPN tentando solucionar problemas e experimentando alternativas para assistir à Netflix

A Netflix tem um catálogo exclusivo para cada país. Ao usar uma rede virtual privada (VPN) para alterar o seu endereço IP, você pode assistir ao catálogo do país que quiser.

No entanto, a plataforma de streaming não tem direitos de distribuição do conteúdo para todas as regiões. Devido a esses acordos de direitos autorais, eles precisam aplicar restrições geográficas e bloquear serviços de VPN.

Se a sua VPN parar de funcionar com a Netflix, você só verá originais Netflix ou o erro de proxy “Desculpe a interrupção”.

Leia, neste artigo, instruções detalhadas de como corrigir uma VPN que não funcionando com a Netflix. Vamos explicar como contornar códigos de erro comuns na Netflix, por que a sua VPN parou de desbloquear a Netflix e o que você pode fazer para evitar que isso aconteça novamente.

ESTÁ SEM TEMPO? O jeito mais fácil de resolver esse problema é simplesmente usar uma VPN que vá sempre desbloquear a Netflix. A ExpressVPN desbloqueia 18 catálogos da Netflix (incluindo o dos Estados Unidos) e oferece um teste grátis de 30 dias.

Por que confiar em nós?

Somos completamente independentes e avaliamos VPNs desde 2016. Nossos conselhos são baseados nos resultados dos testes que nós mesmos realizamos, sem a interferência de incentivos financeiros. Saiba quem somos e como testamos VPNs.

VPNs testadas com a Netflix65
Regiões da Netflix testadas106
Dispositivos de testeWindows, macOS, Android, iOS, Fire TV, Apple TV

Como corrigir uma VPN que não está funcionando com a Netflix

Detalhamos a seguir, as maneiras de fazer uma VPN desbloquear a Netflix.

1. Adquira uma VPN melhor

O jeito mais eficaz de conseguir usar a Netflix com uma VPN sem problemas é adquirir uma das melhores VPNs para assistir à Netflix.

Afinal, a maioria das VPNs sequer desbloqueia a Netflix, não importa o que você tente fazer.

O grosso dos serviços de VPN prioriza outros recursos do software não tem a tecnologia ou os recursos necessários para desbloquear a Netflix.

Os nossos testes confirmaram que usar a ExpressVPN com a Netflix é o método mais confiável de driblar as restrições de VPN impostas pela Netflix em maio de 2024.

Não é a opção mais em conta, mas a ExpressVPN sempre desbloqueia a Netflix EUA e de outras 17 regiões.

Durante os nossos testes da ExpressVPN, também usamos a VPN para contornar os bloqueios do Hulu no Brasil e para assistir à HBO Max fora dos Estados Unidos, conectados ao servidor de Nova York.

Usando a ExpressVPN com a Netflix

A ExpressVPN funciona regularmente com a Netflix EUA.

Para quem busca uma opção gratuita, o PrivadoVPN é atualmente a melhor VPN 100% grátis para desbloquear a Netflix. No entanto, o plano gratuito dela tem um limite de apenas 10 GB por mês.

2. Conecte-se a um servidor diferente

Se você não consegue acessar a Netflix com a sua VPN, é sinal de que a Netflix identificou e baniu o endereço IP do servidor ao qual você está conectado.

Para obter um novo endereço IP, basta se conectar a outro servidor no mesmo país. Há uma chance de o novo servidor não ter sido bloqueado pela Netflix ainda.

Você também pode usar a tabela abaixo, em que compilamos uma lista de servidores das melhores VPNs que funcionam com catálogos regionais populares da Netflix.

Basta se conectar a um desses servidores para assistir ao conteúdo disponibilizado para a região dele:

VPN Servidores VPN que funcionam
ExpressVPN Canadá: Canadá – Toronto
Índia: Índia (via Cingapura)
Japão: Japão – Tóquio
Reino Unido: Reino Unido – Docklands
Estados Unidos: Nova Jersey
Windscribe Canadá: Toronto – Mansbridge
Índia: Mumbai – Mahim
Japão: Tóquio – Kaiju
Reino Unido: Londres – Crumpets
Estados Unidos: New Jersey – Situation
NordVPN Canadá: Canadá #1614
Japão: Japão #623
Reino Unido: Reino Unido #2290
Estados Unidos: Estados Unidos #6779

Depois de se conectar, atualize o navegador no desktop ou abra novamente o aplicativo no dispositivo móvel.

3. Exclua os cookies e limpe o cache do navegador

Muitos sites coletam dados temporários de localização por meio de cookies e do cache.

A Netflix pode usar essas informações para identificar a sua verdadeira localização, mesmo quando você se conecta a um servidor VPN de outro país.

Excluir esses arquivos força a Netflix a exibir o catálogo da região do servidor ao que você se conectou.

Como limpar os cookies e o cache no Google Chrome:

  1. Abra o Google Chrome. Clique no ícone de três pontos, no canto superior direito da janela.
  2. Selecione Mais ferramentas > Limpar dados de navegação e, no menu suspenso que aparece, selecione Todo o período.
  3. Marque as opções Cookies e outros dados do site e Imagens e arquivos armazenados em cache.
  4. Clique no botão Remover dados.
  5. Feche e abra novamente o Google Chrome.
  6. Abra a Netflix.
Como limpar cookies e o cache no Google Chrome

Limpando os cookies e o cache no Google Chrome.

Como limpar os cookies e o cache no Safari:

  1. Abra o Safari. No menu Safari, clique em Preferências.
  2. Clique na guia Privacidade > Gerenciar dados de sites.
  3. Digite Netflix na barra de busca, selecione o site e clique no botão Remover.
  4. Feche e abra novamente o Safari.
  5. Abra a Netflix.
Como limpar os cookies e arquivos de cache no Safari.

Limpeza de cookies e arquivos de cache no Safari.

Nota: este método só funciona no desktop. Em dispositivos móveis, é preciso reiniciar o dispositivo para limpar os cookies e os arquivos de cache da Netflix.

4. Desative os endereços IPv6

A Netflix decide qual catálogo exibir com base no endereço IPv6 do usuário, não com base no endereço IPv4 (caso você tenha um).

O problema é que muitas VPNs ainda não são compatíveis com o protocolo IPv6. Se o seu endereço IPV6 vazar pelo túnel VPN, a Netflix exibirá o catálogo disponível para a sua localização real.

Por exemplo, quando a testamos com um servidor dos Estados Unidos, a Betternet vazou o nosso endereço IPv6. Por isso, só conseguimos assistir a filmes e séries que estavam disponíveis no catálogo do Reino Unido.


Para garantir, recomendamos bloquear o protocolo IPv6 no seu dispositivo, em vez de usar as configurações integradas da sua VPN.

Como desativar o protocolo IPv6 no Windows:

  1. Abra as configurações de Rede e Internet.
  2. Selecione Central de rede e compartilhamento > Propriedades.
  3. Desmarque Protocolo IP versão 6 (TCP/IPv6).

Como desativar o protocolo IPv6 no Mac:

  1. Abra as Preferências do sistema e clique em Rede.
  2. Clique em Avançado, no canto inferior direito. Clique na guia TCP/IP.
  3. Clique no menu suspenso ao lado de Configurar IPv6 e selecione Desativado.
  4. Clique em OK > Aplicar.

Para verificar se o seu IPv6 está vazando, use a nossa ferramenta de teste de vazamento de VPN.

5. Use o Smart DNS

Algumas VPNs oferecem um recurso de Smart DNS. O Smart DNS pode ser usado para alterar os catálogos regionais da Netflix, sem precisar se conectar a um servidor VPN.

Desde que a Netflix baniu o uso de VPNs, em agosto de 2021, verificamos com os nossos testes que o Smart DNS é muito mais estável para desbloquear a Netflix do que serviços completos de VPN.

O Smart DNS encaminha o seu tráfego na internet por um servidor proxy de outro lugar do mundo. No entanto, diferente de uma VPN, ele não criptografa o tráfego nem inclui outros recursos de segurança.

Normalmente, não recomendamos usar Smart DNS, mas se você não se preocupa com privacidade e só quer assistir a conteúdos da Netflix bloqueados para a sua região, o Smart DNS é uma boa opção.

Estas são as VPNs que oferecem o recurso de Smart DNS e que recomendamos:

  • ExpressVPN (Mediastreamer)
  • Surfshark
  • Windscribe (Control D)

Cada VPN tem a sua própria configuração para o Smart DNS. Acesse a página de suporte do seu provedor de VPN para obter instruções.

6. Assista à Netflix no computador

Se a Netflix não estiver desbloqueando em dispositivos como iPhone, Fire TV Stick ou Google Chromecast, experimente assistir ao mesmo vídeo no desktop ou notebook.

Para bloquear as VPNs, a Netflix verifica se a localização do endereço IP do usuário corresponde à localização do servidor DNS.

É mais fácil desbloquear a Netflix no computador, pois aplicativos de VPN para desktop podem rotear todo o tráfego por meio de servidores DNS próprios, ao contrário dos aplicativos móveis de VPN.

Além disso, verifique se o aplicativo da VPN está configurado para usar os servidores DNS da VPN. Essa ativação é feita nas configurações de conexão do próprio aplicativo.

Ativando o DNS da PIA no aplicativo da PIA VPN

Um aplicativo de VPN para desktop obriga todo o tráfego a passar por seus servidores DNS.

7. Compre um endereço IP residencial

Desde agosto de 2021, a Netflix bloqueia automaticamente todos os endereços IP não residenciais. Como a maioria dos servidores VPN está localizada em data centers, é fácil para a Netflix identificar e restringir o acesso deles.

Para driblar isso, algumas VPNs permitem que você pague um pouquinho a mais para ter um endereço IP residencial. Os IPs residenciais dão a aparência de que a sua conexão vem de uma casa conectada a um provedor de internet comum. Consequentemente, não tem como a Netflix saber que você está conectado a uma VPN.

Entre as melhores VPNs para assistir à Netflix, a Windscribe é a única que permite a compra de um IP residencial nos Estados Unidos. Ao utilizá-lo, recebemos um endereço IP da AT&T. Em nossos testes, conseguimos assistir à Netflix americana todas as vezes em que nos conectamos a esse servidor.

Embora seja estável, a desvantagem desse método é o preço: o IP residencial americano da Windscribe custa USR$ 493,88 por ano, sem opção de pagamento mensal.

A seção de IP residencial no aplicativo da Windscribe

Os IPs residenciais da Windscribe sempre funcionam com a Netflix.

CONSELHO DE MESTRE: compre um IP residencial, não um IP dedicado. Embora seja exclusivo para você, o IP dedicado ainda pertence a um data center. Sendo assim, a Netflix ainda consegue detectá-lo e bloqueá-lo.

8. Troque de protocolo VPN

Caso você não esteja conseguindo assistir à Netflix com a sua VPN, experimente alterar o protocolo VPN. Cada protocolo usa diversos métodos de criptografia e encapsulamento. Alguns são melhores para contornar os métodos de detecção de VPN usados pelo serviço de streaming.

Por exemplo, em nossos testes, descobrimos que o Lightway é mais eficaz para assistir à Netflix com a ExpressVPN, e que o protocolo NordLynx funciona melhor com a NordVPN.

Você pode mudar o protocolo VPN nas configurações do aplicativo. Teste cada opção até encontrar uma que funcione. No entanto, recomendamos não usar o protocolo PPTP, pois ele oferece uma criptografia fraca e tem vulnerabilidades de segurança.

Mudando o protocolo VPN no aplicativo NordVPN

Troque o seu protocolo VPN para outro otimizado para streaming.

9. Pergunte à equipe de suporte qual é o melhor servidor

Os métodos descritos devem servir para fazer a sua VPN desbloquear a Netflix. Contudo, se ainda estiver aparecendo alguma mensagem de erro, fale com a equipe de suporte da VPN.

Um agente do suporte poderá indicar uma lista atualizada de servidores que funcionam para streaming.

Por exemplo, entramos em contato com a equipe de suporte da ExpressVPN quando o nosso servidor ficou bloqueado para assistir à Netflix dos Estados Unidos. Recebemos uma lista de três servidores compatíveis, 30 segundos depois de perguntar.

Contato com o suporte ao cliente da ExpressVPN para descobrir um servidor que desbloqueie a Netflix

Fale com a equipe de suporte da VPN para descobrir os servidores que funcionam com a Netflix.

A maioria das melhores VPNs para assistir à Netflix também tem atendimento por chat ao vivo 24 horas. Você sempre vai conseguir ter uma resposta rápida para a sua dúvida.

Como contornar códigos de erro da Netflix

Quando a sua VPN não estiver desbloqueando a Netflix, você vai se deparar com alguns códigos de erro ou problemas no serviço.

Listamos na tabela abaixo alguns códigos comuns que podem aparecer e o que eles significam:

Código de erro da Netflix O que ele significa
M7111-1331-5059: “Desculpe a interrupção” A Netflix detectou que você está usando uma VPN.
22004: “Este título não está disponível neste país” Esse erro aparece em dispositivos iOS quando a Netflix identifica que você está usando uma VPN.
UI3012: “Desculpe a interrupção” ou NW-2-5: “A Netflix encontrou um erro” Há um problema na sua rede. Esse erro não significa que sua VPN foi detectada. Se a Netflix ainda funciona sem a VPN, então o problema é com a VPN.

Veja como contornar os mais comuns:

Código de erro M7111-1331-5059 da Netflix: “Desculpe a interrupção”

Captura de tela da imagem exibida pela Netflix ao detectar uma VPN ou serviço de proxy.

A Netflix exibe essa mensagem de erro quando detecta que você está usando uma VPN. Você a verá ao tentar reproduzir um filme ou uma série com restrições geográficas.

O jeito mais fácil de corrigir esse erro é limpando os cookies e os arquivos de cache do navegador. Em seguida, reinicie o navegador e reabra a Netflix.

Código de erro 22004 da Netflix: “Este título não está disponível neste país”

Você verá este código de erro no dispositivo iOS se a Netflix detectar o uso de uma VPN para assistir a um filme ou série com restrição geográfica.

Por exemplo, encontramos esse erro ao tentar assistir Power em um servidor VPN do Reino Unido que estava bloqueado.

Para corrigir isso, conecte-se a um servidor VPN que esteja funcionando da lista que mencionamos acima. Da mesma forma, use o site uNoGS para ter certeza de que o conteúdo está disponível no país ao qual você está se conectando.

Código de erro UI3012 da Netflix: “Desculpe a interrupção”

Este código de erro aparece quando há um problema geral com a sua rede.

Se você conseguir acessar a Netflix sem usar a VPN, o problema é com a conexão de VPN.

Para corrigir isso, entre em contato com o suporte do serviço de VPN. Eles informarão se há um problema com a rede de servidores ou se há algum problema de configuração na sua conta.

Código de erro NW-2-5 da Netflix: “A Netflix encontrou um erro”

Como o erro anterior, você verá o código de erro NW-2-5 quando houver um problema com a sua rede. Ele não necessariamente significa que a sua VPN foi detectada.

Para solucionar o problema, entre em contato com a equipe de suporte do seu provedor de VPN. Eles conseguirão identificar qualquer problema com a configuração da VPN ou informarão se a VPN está com problemas de conexão.

A Netflix só exibe títulos originais

Mensagem de erro de VPN da Netflix “Só é possível ver Originais Netflix”
Se a Netflix detectar que você está usando uma VPN, ela vai disponibilizar apenas os originais da Netflix. Como a empresa detém os direitos de distribuição global desses filmes, não há necessidade de impor restrições geográficas a eles.

Isso também se aplica a conteúdos licenciados que tiveram os direitos globais adquiridos pela Netflix. Por exemplo, é possível assistir a Seinfeld e Monty Python mesmo que a Netflix tenha identificado que você está usando uma VPN.

Para resolver a questão, troque de VPN. Se os problemas persistirem, conecte-se a um dos servidores que confirmamos que desbloqueia a Netflix.

Senha incorreta

Mensagem de erro de VPN da Netflix “Senha incorreta”

Se a Netflix tiver bloqueado o endereço IP do seu servidor VPN, ela poderá impedir que você entre na sua conta. Você verá um erro de “Senha incorreta”, mesmo quando estiver tudo certo.

Esse erro é mais comum de acontecer com VPNs mais fracas, como X-VPN e Hidester.

Portanto, a melhor forma de contornar isso é adquirindo uma VPN melhor. Se não funcionar, experimente excluir os cookies e limpar o cache do seu navegador.

Como a Netflix bloqueia VPNs?

A Netflix bloqueia VPNs usando três métodos principais:

1. Endereços IP compartilhados

Ao usar uma VPN, você compartilha um endereço IP com outros usuários conectados ao mesmo servidor VPN.

Endereços IP compartilhados são ótimos para privacidade e segurança, pois eles tornam bem mais difícil a vida de qualquer terceiro que tente identificar usuários específicos.

No entanto, se mais de 1.000 pessoas estiverem assistindo à Netflix usando o mesmo endereço IP ao mesmo tempo, a Netflix assume que o IP pertence a um servidor VPN e o bloqueia.

2. Localização de IP e servidor DNS

A Netflix também detecta o tráfego de VPN verificando se a localização do endereço IP corresponde a localização do servidor DNS.

Esse método de detecção é menos eficaz no tráfego de desktops, já que os serviços de VPN conseguem ocultar a localização real encaminhando o tráfego pelos próprios servidores DNS.

No entanto, essa técnica de detecção é extremamente eficaz nos dispositivos móveis. O aplicativo da Netflix pode forçar o seu dispositivo a usar os servidores DNS padrão deles, em vez dos servidores da VPN.

É por isso que costuma ser mais difícil desbloquear a Netflix em dispositivos móveis do que no computador.

3. Endereços IP de data centers

Desde o banimento das VPNs, em agosto de 2021, a Netflix bloqueia automaticamente o acesso de todos os endereços IP de data centers.

Basicamente, só é possível acessar o serviço de streaming quando o endereço IP parecer vir de um provedor de internet. Se a conexão for claramente via VPN com um endereço IP de um data center, a Netflix bloqueia o acesso.

No entanto, IPs residenciais de VPNs são caros e não são ideais para fins de privacidade. É por isso que a maioria das VPNs deixou de desbloquear a Netflix.

Por que a Netflix bloqueia VPNs?

A Netflix bloqueia VPNs porque elas permitem que os usuários driblem acordos de licenciamento regional que a empresa tem com estúdios de conteúdo.

Esses acordos permitem que os detentores dos direitos autorais vendam seus conteúdos para diferentes países por uma taxa maior do que se fossem distribuídos em escala global.

Em 2016, a Netflix cedeu à pressão dos grandes detentores de direitos autorais e passou a banir as VPNs. Desde então, ela vem bloqueando o acesso de diversos serviços de VPN e proxy.