Nós avaliamos VPNs de forma independente mas podemos receber comissões se você adquirir uma VPN usando nossos links.

Avaliação de Hotspot Shield

Captura de tela do aplicativo para desktop do Hotspot Shield

Simon Migliano é um especialista em VPNs reconhecido mundialmente. Ele já testou centenas de serviços de VPN e suas pesquisas foram apresentadas na BBC, no New York Times e outros.

Verificado por JP JonesTestes adicionais por David Hughes

Veredito

7,7/10
Como isso é calculado?

Calculamos a nota geral da VPN ao agregar as notas de diversas categorias de teste. O peso de cada categoria é:

  • Política de privacidade e log: 20%
  • Velocidade: 20%
  • Segurança e recursos técnicos: 15%
  • Streaming: 15%
  • Facilidade de uso: 10%
  • Torrent: 5%
  • Localizações de servidor: 5%
  • Evasão de censura: 5%
  • Suporte ao cliente: 5%

Confira a nossa metodologia completa em como avaliamos as VPNs.

O Hotspot Shield se destaca por suas velocidades excepcionalmente altas e ampla rede de servidores. Ambas as versões gratuita e paga oferecem uma interface fácil de usar e uma segurança robusta, mas a maioria dos recursos da VPN se reservam a usuários pagantes. Nos nossos testes, algumas das práticas de log e capacidade de desbloqueio nos causaram algumas preocupações. No geral, demos ao Hotspot Shield uma nota de 7,7/10.

Posição 17 de 65 VPNs

Nota do Hotspot Shield nas categorias

  • 9,4/10
  • 5,3/10
  • 3,2/10
  • 10/10
  • 9,6/10
  • 6,7/10
  • 8,9/10
  • 8,2/10
  • 8,2/10
  • 7,5/10

Prós e contras de Hotspot Shield

  • A VPN mais rápida do mercado
  • Acessa HBO Max, Hulu e Prime Video EUA
  • Servidores em 80 países
  • Aplicativos simples e intuitivos
  • Boa opção para gamers

  • Registra dados demais e tem sede nos EUA
  • Sem relatórios de transparência ou auditoria
  • Não é estável na China
  • Versão gratuita apresenta muitas restrições
  • Reembolso não é garantido

Por que confiar em nós?

Somos completamente independentes e avaliamos VPNs desde 2016. Nossas notas são calculadas a partir de testes próprios, sem a influência de incentivos financeiros. Saiba quem somos e como testamos VPNs.

O Hotspot Shield está no mercado desde 2008 e é uma das VPNs mais populares, oferecendo uma versão paga e outra gratuita.

É de propriedade da Aura, uma empresa legítima, mas queremos que saiba do seguinte antes de adquiri-lo: temos nossas dúvidas com relação à confiabilidade do Hotspot Shield e se você pode confiar nele para proteger a sua privacidade.

Nessa avaliação do Hotspot Shield, testamos a versão gratuita e paga para ver se ele é uma VPN em que se pode confiar, se desbloqueia sites de streaming com restrições geográficas com sucesso e se é seguro.

Dados principais de Hotspot Shield

 PremiumGrátis
Limite de dadosIlimitado500 MB por dia
Velocidade99 Mbps97 Mbps
Política de logLogs invasivosAlguns logs de usuários
Vazamento de dadosSimNão
JurisdiçãoEstados Unidos (membro da Aliança Cinco Olhos)Estados Unidos (membro da Aliança Cinco Olhos)
Servidores1.800Não divulgado
Endereços IP1.800Não divulgado
Países803
Netflix EUASimNão
TorrentIlimitadoRestrito
Conexões simultâneas51
Funciona na China?InstávelNão
SuporteChat ao vivo 24 horas por diaApenas recursos online
Menor preçoR$ 16,58/mês por 36 mesesGrátis
Teste grátis7 Dias (Pede dados de pagamento)-
Garantia de reembolsoGarantia de reembolso de 45 dias-
Site oficialHotspotshield.com

Política de log e jurisdição

O Hotspot Shield mantém logs demais

3,2/10
Como isso é calculado?

Analisamos as políticas de log e privacidade de todas as VPNs. Uma VPN nunca deve registrar:

  • Endereços IP reais
  • Data e hora de conexão
  • Solicitações de DNS

É preferível que a base de operações seja fora da jurisdição da Aliança 14 Olhos ou da União Europeia.

Você não deve confiar no Hotspot Shield para proteger sua privacidade online. Ele registra o uso de largura de banda, data e hora de conexão, atividade de navegação, informações de conta e até mesmo endereço IP original. Os dados mais sensíveis são agregados e armazenados apenas durante a sessão de VPN, mas ainda é invasivo demais, em especial porque o Hotspot Shield está sediado nos EUA, um dos membros fundadores da Aliança Cinco Olhos.

VPN n. 42 de 65 para Política de log e jurisdição

Confira uma tabela que resume todos os dados que o Hotspot Shield registra:

Tipo de dadoRegistrado por Hotspot Shield
Atividade de navegaçãoSim
Conexões simultâneasNão
Dados pessoaisSim
Data da última conexãoNão
Data/hora de conexão individualSim
Informações do dispositivoSim
IP de origemSim
IP de servidor VPNNão
Localização de servidor VPNSim
Provedor de internetNão
Solicitação DNSNão
Uso de banda individualSim

Como pode ver, o Hotspot Shield mantém logs, vários dos quais são sensíveis e identificadores, como seu endereço IP real.

O Hotspot Shield justifica o registro de endereços IP dizendo que o log é mantido apenas durante a sessão VPN, mas o registro dessa informação nunca se faz necessário. VPNs como a Private internet Access e a Mullvad comprovam isso.

O Hotspot Shield também registra o consumo de largura de banda, data e hora de conexão, localização de servidor VPN, localização de origem. Esses logs são mantidos por tempo indeterminado.

Os seus dados de navegação são registrados, mas de forma agregada, o que significa que não podem ser vinculados a contas específicas.

O Hotspot Shield Grátis é ainda menos privado, já que ao usá-lo os seus dados pessoais identificáveis são compartilhados com anunciantes.

Você pode ler a política de privacidade completa do Hotspot Shield no site oficial.

Controlado pela Aura, sede nos Estados Unidos

O Hotspot Shield agora é de propriedade de uma empresa chamada Aura. É uma empresa com sede nos EUA, em que há leis de privacidade invasivas. As autoridades americanas podem obrigar a Aura a reter e compartilhar informações dos usuários.

Os EUA também são um membro fundador da rede de países Cinco Olhos, que colaboram na coleta, compartilhamento e análise de dados de vigilância em massa. Nada disso é bom para a privacidade. Idealmente, o Hotspot Shield teria como sede um local em que não há leis de retenção dados, como as Ilhas Virgens Britânicas ou Suíça.

Parou de publicar relatórios de transparência

O Hotspot Shield costumava publicar relatórios de transparência que detalhavam as solicitações que recebia de autoridades e como respondia a elas. Era uma forma de aumentar a confiança nas suas práticas de log e de comprová-las, mas o Hotspot Shield não publica relatórios de transparência desde 2019.

Relatório de transparência do Hotspot Shield

A última vez que o HSS publicou um relatório de transparência foi em 2019, quando era de propriedade de outra empresa.

Sem relatórios de transparência ou auditorias externas, não há provas de que o Hotspot Shield realmente protege a privacidade como alega e, por isso, não é possível confiar totalmente nele.

Histórico controverso do Hotspot Shield

O Hotspot Shield passou por diversas polêmicas:

    • Em 2016, um relatório do CSIRO destacou algumas práticas questionáveis do Hotspot Shield. O aplicativo para Android estava “injetando códigos de JavaScript para fins publicitários e de monitoramento”. Isso significa que o Hotspot Shield estava usando códigos de rastreio para coletar informações sobre usuários e vender os dados à anunciantes.
    • Em 2017, o Centro para Democracia e Tecnologia (CDT) acusou a versão grátis do Hotspot Shield de “práticas injustas e enganosa.” Basicamente, o Hotspot Shield estava relatando que a privacidade e benefícios de segurança que oferecia eram maiores do que a realidade, chegando até a alegar que o endereço IP não é uma informação pessoal.
Denúncia do CDT contra o Hotspot Shield

Um trecho da denúncia feita contra o Hotspot Shield pelo CDT.

É difícil confiar em uma empresa com um histórico tão duvidoso, mas o Hotspot Shield agora é de propriedade de outra empresa e a política de privacidade foi atualizada. Agora, ela mostra de forma clara aos usuários quais dados a VPN coleta ou não e como o aplicativo gratuito é usado para fins de publicidade.

No geral, a política de log atual do Hotspot Shield, a jurisdição nos EUA, a recusa em publicar relatórios de transparência ou auditoria, e o histórico de venda de dados de usuários nos força a dizer que você não pode confiar 100% no Hotspot Shield para proteger sua privacidade.

Velocidade e estabilidade

A VPNs mais rápida que testamos

10/10
Como isso é calculado?

As notas de velocidade são calculadas com base nas velocidades de upload, download e tempo de ping (latência).

Testamos as velocidades médias regularmente usando uma conexão exclusiva de 100 Mbps em Nova York, EUA.

O Hotspot Shield é o padrão-ouro para velocidade entre as VPNs. É a VPN mais rápida que já testamos. Quase não há uma diferença entre uma conexão VPN do Hotspot Shield e uma internet normal, não importa a sua localização. O streaming em 4K não apresenta buffering, o ping é muito baixo, os arquivos podem ser compartilhados rapidamente. O Hotspot Shield Grátis também é rápido, mas oferece apenas quatro localizações de servidores.

VPN n. 1 de 65 para Velocidade e estabilidade

Avaliamos como o Hotspot Shield afeta nossa velocidade de internet de 100 Mbps ao nos conectarmos a servidores em seis continente. Confira os resultados completos:

Como podemos ver acima, quase não há diferença entre a nossa conexão de internet normal e uma conexão com o Hotspot Shield, independentemente do servidor usado. É algo muito impressionante.

Testando as velocidades do Hotspot Shield no macOS

As velocidades do Hotspot Shield foram excepcionalmente altas nos nossos testes.

Ao nos conectarmos com o Reino Unido, tivemos uma perda de velocidade de 1%. Não tem como obter um resultado melhor em conexões de longas distâncias. De fato, nossa maior perda de velocidade aconteceu em conexão ao Brasil, uma queda de apenas 63% na nossa conexão.

Para contextualizar os resultados, use o gráfico em barras abaixo e compare as velocidades do Hotspot Shield com outras VPNs rápidas, incluindo a ExpressVPN, NordVPN e Hide.me:

Gráfico de barras comparando as velocidades locais e de longa distância do Hotspot Shield às de outras das melhores VPNs.

O Hotspot Shield alcança essas velocidades por meio de um protocolo de conexão exclusivo, o Hydra VPN. O protocolo foi projetado para solucionar problemas de latência com outros protocolos como o OpenVPN.

O Hotspot Shield Grátis também é rápido

O Hotspot Shield Grátis é tão rápido quanto a versão paga, mas limita-se a quatro servidores.

Por exemplo, a conexão local do Hotspot Shield Grátis com Nova York apresentou velocidades idênticas à da versão paga, e em uma conexão de longa distância com o servidor no Reino Unido também registrou as mesmas velocidades (97Mbps).

Só vimos uma diferença significativa entre o Hotspot Shield Grátis e o pago ao nos conectarmos à Costa Oeste dos EUA, em que obtivemos velocidades de 72Mbps na versão gratuita, um valor consideravelmente menor do que o resultado de 100Mbps da paga.

Testando as velocidades de internet do Hotspot Shield com a nossa ferramenta de teste de velocidade proprietária.

Testamos ambas as versões do Hotspot Shield na nossa ferramenta de teste de velocidade imparcial.

A latência baixa no Hotspot Shield é boa para gamers

As velocidades recorde e ping baixo do Hotspot Shield também fazem dele uma ótima VPN para jogos. Isso se aplica especialmente nos aplicativos móveis, que contam com servidores otimizados para jogos.

Ao nos conectarmos a um servidor local, registramos um tempo de ping constante de 6 ms. Com isso, conseguimos jogar online sem lag em conexão com uma VPN.

Segurança e recursos

O Hotspot Shield é seguro?

8,9/10
Como isso é calculado?

As VPNs melhor avaliadas oferecem os protocolos OpenVPN e WireGuard, criptografia AES-256 e um Kill Switch funcional.

Para calcular essa nota, também consideramos os recursos adicionais de segurança e o alcance global dos servidores VPN.

Apesar de suas deficiências no quesito privacidade, o Hotspot Shield é seguro de um ponto de vista de segurança. Ele conta com um pacote de segurança padrão do setor, incluindo a cifra de criptografia AES-256 e o protocolo de conexão líder do mercado, o WireGuard. Ainda assim, oferece poucos recursos adicionais, não dispõe de Kill Switch no macOS e as extensões para navegadores vazam dados identificadores.

VPN n. 17 de 65 para Segurança e recursos

Veja abaixo quais protocolos, cifras e recursos o Hotspot Shield oferece na tabela abaixo:

ProtocolosDisponível com Hotspot Shield
HydraSim
IKEv2/IPSecSim
L2TP/IPSecSim
OpenVPN (TCP/UDP)Não
WireGuardSim
CriptografiaDisponível com Hotspot Shield
AES-128Não
AES-192Não
AES-256Sim
BlowfishNão
ChaCha20Não
SegurançaDisponível com Hotspot Shield
Bloqueia vazamento DNSNão
Bloqueia vazamento IPv6Não
Bloqueia vazamento WebRTCNão
Compatível com Porta TCP 443Não
Diskless ServersNão
DNS próprioNão
Kill Switch de VPNSim
Recursos avançadosDisponível com Hotspot Shield
Bloqueia anúnciosNão
Bloqueia rastreamentoNão
Double VPNNão
IP dedicadoNão
SOCKSNão
Static IPNão
Tor sobre VPNNão
Tunelamento divididoSim

Protocolos WireGuard, IKEv2 e Hydra disponíveis

O Hotspot Shield inclui os protocolos WireGuard e IKEv2, mas também um protocolo proprietário chamado Hydra (anteriormente Catapult Hydra).

O Hydra foi desenvolvido pelo Hotspot Shield para entregar velocidades ultrarrápidas e os nossos testes de velocidade mostraram que ele funciona bem. Em termos de segurança, o Hydra é seguro: tem como base o TLS 1.2; usa a criptografia AES de 128 bits e certificados RSA de 2048 bits para autenticação; e incorpora o Perfect Forward Secrecy.

Configurações de segurança do Hotspot Shield no Android

O Hotspot Shield conta com vários protocolos e configurações de segurança.

No entanto, o problema com tecnologias proprietárias de código fechado como o Hydra é que elas não permitem a análise por parte de especialistas independentes. O Hotspot Shield alega que o código é acessível para especialistas de empresas de cibersegurança como BitDefender e McAfee. Se acreditar nisso, pode usar o Hydra sem medo. Caso contrário, é melhor usar o WireGuard.

No geral, recomendamos usar o WireGuard e o OpenVPN, já que são seguros e de código aberto, mas o Hotspot Shield não inclui o OpenVPN na lista de protocolos, preferindo incentivar o uso do protocolo Hydra.

O Hotspot Shield passou no nosso teste de criptografia

Também testamos o Hotspot Shield para ver se realmente criptografa o seu tráfego usando uma ferramenta de análise de pacotes, o Wireshark. Se o Hotspot Shield não criptografasse os nossos dados, o Wireshark mostraria os sites que visitamos.

Entretanto, como é possível ver na imagem abaixo, nossos testes verificaram que todos os pacotes de rede enviados e recebidos foram criptografados e nenhum dos sites que visitamos eram decifráveis.

Teste de criptografia do Hotspot Shield

O Hotspot Shield criptografa todo o tráfego de rede com sucesso.

Sem vazamentos de IP, DNS e WebRTC

Testamos os aplicativos do Hotspot Shield usando nossa ferramenta interna para verificar se havia vazamentos de dados. Os resultados mostraram que é seguro: nenhum vazamento de IP, DNS ou de WebRTC foi registrado e nosso endereço IP real permaneceu escondido durante todo esse tempo.

No entanto, o Hotspot Shield não é compatível com tráfego IPv6, por isso há o risco de que dados pessoais possam ser expostos em conexões IPv6. Outras VPNs como a Hide.me encontraram soluções Dual Stack para esse problema e algumas, como a Surfshark, simplesmente bloqueiam tráfego IPv6 para evitar vazamentos.

Extensões de navegador falharam no nosso teste de vazamento

Ainda que os aplicativos Hotspot Shield sejam livres de vazamentos, não é o caso das extensões para Chrome e Firefox. Nossos testes mostraram que a extensão de Chrome vaza solicitações de DNS e que o complemento Firefox vazou solicitações de WebRTC mesmo com o bloqueador de vazamentos WebRTC ativado.

Teste de vazamento do navegador Hotspot Shield

A extensão do Hotspot Shield apresenta vazamentos de WebRTC.

Isso significa que o seu provedor de internet ainda pode ver os sites que você visita em conexão com a extensão Chrome. Além disso, seu endereço IP e localização reais serão expostos se usar a extensão Firefox. É melhor não usar as extensões para navegadores do Hotspot Shield.

Sem Kill Switch no macOS

O Hotspot Shield não tem um Kill Switch para macOS, nem mesmo um automático em execução em segundo plano. Nós realizamos testes com a nossa ferramenta de testes de Kill Switch e verificamos que nosso endereço IP real era exposto sempre que trocávamos de servidor ou tínhamos uma desconexão inesperada.

Felizmente, o Kill Switch funciona perfeitamente em outros aplicativos, mas tenha em mente que eles não estão habilitados por padrão.

Recursos de segurança que gostaríamos de ver

Gostaríamos de ver o Hotspot Shield aumentar sua segurança e privacidade. Veja alguns dos recursos que ele poderia incluir:

  • Kill Switch sempre ativado em todos os aplicativos para que todos os clientes Hotspot Shield tenham o mesmo nível de proteção.
  • Endereços IP dedicados para combater CAPTCHAs frequentes.
  • Servidores sem disco para evitar registros e aquisição de dados em centros de hardware.
  • Servidores Multi-Hop (Double VPN) para uma camada adicional de proteção.
  • Aplicativos de código aberto para que seja possível verificar a segurança dos serviços do Hotspot Shield.
  • Compatibilidade com OpenVPN para que os usuários tenham uma melhor seleção de protocolos.
  • Proteção contra vazamentos para evitar a exposição de dados IPv6, DNS e WebRTC.

Streaming

O Hotspot Shield Premium funciona na maioria dos sites de streaming

9,4/10
Como isso é calculado?

A nota para streaming da VPN é baseada no número de serviços e de catálogos regionais desbloqueados, bem como na estabilidade de acesso a eles.

Netflix, Disney+, Max, Amazon Prime Video, BBC iPlayer e outros serviços são testados semanalmente.

O Hotspot Shield Premium desbloqueia a maioria dos principais serviços de streaming, incluindo Netflix EUA, Hulu, HBO Max, Disney+ e Amazon Prime Video, mas talvez seja necessário testar alguns servidores até encontrar os que funcionam. Também é possível acessar a televisão britânica nos servidores do Reino Unido. No entanto, o Hotspot Shield Grátis não desbloqueia serviços de streaming.

VPN n. 9 de 65 para Streaming

Abaixo, você encontra uma lista de serviços populares de streaming que o Hotspot Shield desbloqueia no momento:

Plataforma de streamingFunciona com Hotspot ShieldFunciona com Hotspot Shield Basic
All4SimNão
Amazon Prime VideoSimNão
BBC iPlayerSimNão
Disney+SimNão
HBO MaxSimNão
Hotstar IndiaNãoNão
HuluSimNão
ITVHubSimNão
NetflixSimNão

Desbloqueia a maioria dos sites de streaming do mundo

Nossos testes de streaming revelam que o Hotspot Shield Premium consegue acessar a maioria dos sites de streaming com restrição geográfica, incluindo 6 catálogos da Netflix (inclusive o dos EUA) a HBO Max, Hulu e Amazon Prime Video.

Teste de streaming do Hotspot Shield

Você pode assistir ao Hulu e outros sites de streaming dos EUA usando o HSS Premium.

Também é útil para assistir à televisão britânica em sites como BBC iPlayer, ITVX e Channel 4. Contudo, o Hotspot Shield não funciona com a Hotstar. É um desempenho decepcionante já que as melhores VPNs para streaming desbloqueiam todas as plataformas.

O Hotspot Shield Grátis não desbloqueia sites de streaming

O Hotspot Shield Grátis apresenta um desempenho muito ruim como VPN para streaming. Nós o testamos com todos os principais sites de streaming e não conseguiu desbloquear nenhum. Se quiser usar uma VPN grátis para streaming, recomendamos usar a Windscribe Grátis.

Torrent

Não é 100% seguro para baixar torrent

5,3/10
Como isso é calculado?

A nota é calculada a partir das velocidades de download de torrent da VPN, a porcentagem de servidores que permitem o compartilhamento de arquivos P2P, a privacidade e confiabilidade do serviço, além de recursos úteis, como o encaminhamento de porta.

Para analisar especificamente a velocidade, calculamos a taxa média de bits de download da VPN com nossa configuração torrent personalizada.

Ainda que o tráfego P2P seja permitido em todos os servidores Hotspot Shield, a política de log invasiva e a falta de um Kill Switch no macOS nos preocupa. A taxa média de bits de download é muito mais lenta do que a vista em outras VPNs e não há a opção de usar encaminhamento de porta. O Hotspot Shield Grátis não permite atividade torrent e tem um limite de 500 MB de dados diários.

VPN n. 35 de 65 para Torrent

Veja o desempenho do Hotspot Shield nos nossos testes de atividade torrent:

Dados para atividade torrent Hotspot Shield Premium Hotspot Shield Grátis
Taxa média de bits de download 4.3MiB/s 5,25 MiB/s
Servidores P2P 1.800 0
Política de log Alguns logs de usuários Alguns logs de usuários
Kill Switch Sim Sim
Encaminhamento de porta Não Não

O Hotspot Shield apoia abertamente o download de torrent com o serviço, mas não recomendamos que faça isso, devido à taxa média de bits de download lenta, à política de log invasiva e à ausência de um Kill Switch no macOS. Baixar torrent com o Hotspot Shield é arriscado.

Ao testar o Hotspot Shield em clientes torrent como o qBitTorrent e uTorrent, registramos uma taxa média de bits de download de 4.3MiB/s. É um resultado baixo que pode levar a um compartilhamento de arquivos lento, em especial quando comparado aos das melhores VPNs para torrent.

Teste do Hotspot Shield com o qBittorrent

O Hotspot Shield permite que você baixe torrent com a VPN ativada

De um ponto de vista de privacidade, nos preocupa que o Hotspot Shield, com sua política de log invasiva, esteja coletando dados excessivos dos usuários. Não fazemos ideia de quantas solicitações DMCA o Hotspot Shield recebe e nem quantas responde, já que a VPN parou de publicar relatórios de transparência.

Além disso, não há Kill Switch no macOS e o seu IP real pode acabar sendo exposto acidentalmente. Por fim, o Hotspot Shield não oferece encaminhamento de porta, outra razão para evitá-lo caso você seja um usuário avançado de torrent.

O Hotspot Shield Grátis não permite download de torrent

O Hotspot Shield Grátis não pode ser usado para baixar torrent. Ele não permite qualquer atividade P2P, e mesmo se permitisse, ele compartilha da mesma política de log invasiva e dos mesmos riscos que a versão paga.

O limite diário de 500 MB também é altamente restritivo.

Localizações de servidor

Rede de servidores ampla e diversificada

9,6/10
Como isso é calculado?

O alcance e a cobertura globais da rede de servidores da VPN são os fatores mais importantes.

Também consideramos o total de servidores, o número de servidores em cidades e endereços IP oferecidos.

O Hotspot Shield tem uma seleção variada de servidores, com 1.800 servidores virtuais em 80 países. A rede tem um foco menor no Ocidente do que o que vemos em outras VPNs. A América do Sul, Oriente Médio e Ásia são relativamente bem representados. Ainda assim, outras VPNs como a ExpressVPN oferecem mais endereços IP e em um número maior de países. O Hotspot Shield Grátis, por outro lado, está limitado a apenas quatro países.

VPN n. 8 de 65 para Localizações de servidor

Globo com bandeira azul
80 países
Imagem de paisagem urbana
115 cidades
Imagem de marcador rosa
1.800 endereços IP

O Hotspot Shield oferece servidores nas seguintes regiões:

Continente Países
Europa 40
Ásia 21
América do Sul 9
América do Norte 6
África 3
Oceania 2

Como todas as VPNs, a maioria dos servidores do Hotspot Shield se encontram na América do Norte e na Europa, mas ele oferece mais opções na Ásia, Oriente Médio e África do que o usual. É ótimo ver servidores em países como Argélia, Butão, Paquistão, Nepal e Peru. Também ficamos felizes em ver que o Hotspot Shield oferece um servidor no Brasil.

opções em cidades específicas de sete países, incluindo na Austrália, Canadá, França, Itália, Espanha, Reino Unido e EUA.

É uma pena que os servidores em cidades do Hotspot Shield ficam todos em países do Ocidente, mas ainda é uma boa quantidade de opções de servidores em cidades, em especial nos EUA, em que há 25 cidades disponíveis.

Rede de servidores do Hotspot Shield no Android

O Hotspot Shield tem uma rede de servidores ampla e diversificada.

O Hotspot Shield não revela quantos endereços IP individuais ele mantém, mas ele consegue oferecer endereços IP em diversas partes do mundo porque usa servidores virtuais. Isso significa que ele não tem um hardware físico no país, mas ainda consegue desbloquear conteúdo de restrição geográfica.

O Hotspot Shield compartilha sua rede de servidores com Betternet, TouchVPN e VPN360. É algo estranho e que significa que a rede de servidores está sendo usada por diversos outros usuários, o que pode levar a congestionamentos. Além disso, como assinante pago do Hotspot Shield, parece um pouco injusto que as VPNs grátis tenham acesso à mesma rede.

O Hotspot Shield Grátis é limitado a quatro países

A rede de servidores do Hotspot Shield Grátis é muito menor do que a oferecida pela versão paga. Ele tem servidores na Costa Leste dos EUA (Nova York), Costa Oeste dos EUA (Los Angeles), Reino Unido e Singapura.

É um número bem restrito, bem abaixo dos 11 países gratuitos da Windscribe Grátis. No entanto, ainda é um pouco melhor que a oferta do Atlas VPN Grátis e do Proton VPN Grátis, que contam com apenas 3 e 3 servidores respectivamente.

Evasão de censura

Não é uma opção estável contra a censura

6,7/10
Como isso é calculado?

Com o nosso servidor de acesso remoto em Xangai, testamos a VPN rotineiramente para verificar se ela consegue contornar restrições rigorosas de internet na China.

Outros fatores importantes que consideramos incluem tecnologias de ofuscação e a disponibilidade de servidores em países vizinhos (para conexões mais rápidas).

O Hotspot Shield não é mais uma boa escolha para contornar a censura online. O testamos no nosso servidor na China há anos e a capacidade da VPN em contornar bloqueios de internet rigorosos decaiu drasticamente. No nosso último ano de teste, ele funcionou apenas 14% das vezes. O Hotspot Shield Grátis também não funciona em países altamente censurados.

VPN n. 19 de 65 para Evasão de censura

Ao contrário de outros sites de VPN, nós realmente testamos as VPNs com o sistema de censura online mais sofisticado do mundo: o Grande Firewall da China.

Ao usar nosso servidor em Xangai, podemos relatar que, durante o período de um ano, o Hotspot Shield funcionou para acessar a internet livre de dentro da China apenas 14% das vezes.

É algo surpreendente, já que o Hotspot Shield alega ter uma tecnologia de ofuscação com seu protocolo Hydra, projetado para fazer o tráfego da VPN aparentar ser um tráfego web normal e assim contornar os bloqueios.

É possível que o Hotspot Shield funcione em países em que a censura é menos agressiva, como na Rússia e no Irã. Ainda assim, nossos dados mostram que há VPNs mais estáveis disponíveis.

A Astrill VPN, por exemplo, apresenta uma taxa de sucesso de 100% para contornar a censura chinesa e continua a ser a melhor VPN para a China.

Por outro lado, caso queira se conectar à China e usar a internet chinesa, o Hotspot Shield é um dos poucos serviços que tem um servidor virtual no país e que oferece um endereço IP chinês.

Compatibilidade de dispositivos

Aplicativos para a maioria dos dispositivos, sem Smart DNS

Como aferimos a nota?

Uma VPN de qualidade deve oferecer e manter os seus aplicativos e extensões funcionais e completos, para o máximo possível de plataformas e dispositivos.

A nossa avaliação de “Compatibilidade com dispositivos” compõe a nota para Facilidade de uso.

O aplicativo VPN do Hotspot Shield Premium está disponível na maioria dos dispositivos e plataformas, incluindo macOS, Windows, iOS e Android. A VPN também conta com aplicativos para Android TV, Fire TV Stick e Linux. Há um limite de cinco dispositivos para todas as assinaturas do Hotspot Shield, um número menor do que o oferecido por VPNs como Surfshark e PIA. Infelizmente não há um Smart DNS e a versão gratuita se limita a um único dispositivo.

Aplicativos

O Hotspot Shield tem aplicativos nativos para os seguintes dispositivos:

  1. Windows
  2. Mac
  3. iOS
  4. Android
  5. Linux
  6. Roteador

Você pode instalar e se conectar ao Hotspot Shield em até cinco dispositivos ao mesmo tempo. É o padrão do setor, mas concorrentes como a Surfshark, PIA e IPVanish vão além e não impõem qualquer limite de dispositivos.

Consoles e dispositivos de streaming

Você pode instalar manualmente o Hotspot Shield no seu roteador doméstico, o tornando compatível com dispositivos sem suporte para aplicativos nativos de VPN. Isso significa que você pode usá-lo em todos os dispositivos conectados na sua casa sem se preocupar com o limite de conexão de cinco dispositivos.

Ao instalá-los no roteador, você pode usar o Hotspot Shield nos seguintes dispositivos:

  1. Apple TV
  2. Fire TV da Amazon
  3. Android TV
  4. Chromecast
  5. Nintendo
  6. PlayStation
  7. Roku
  8. Smart TV
  9. Xbox

No entanto, o Hotspot Shield não conta com uma opção de Smart DNS para tornar mais fácil o acesso a conteúdo de restrição geográfica em dispositivos de streaming e em consoles. Caso queira algo do gênero, considere o MediaStreamer da ExpressVPN.

Extensões para navegadores

O Hotspot Shield tem extensões disponíveis para os seguintes navegadores:

  1. Chrome
  2. Firefox

É fácil e gratuito adicionar as extensões ao seu navegador. Elas camuflam a sua localização e podem bloquear anúncios, cookies, malware e rastreadores.

Todavia, ao contrário do aplicativo VPN completo, as extensões de navegadores não criptografam o tráfego web como um todo, mas apenas o tráfego do navegador em que estão instaladas.

Extensão de navegador do Hotspot Shield

As extensões de navegador do Hotspot Shield contêm diversos recursos, mas vazam dados.

Um dos recursos únicos às extensões é chamado Sword, que envia atividade online falsa aos rastreadores. Há ainda uma lista de proteção automática e ignorados, que permite que você liste os sites que serão criptografados automaticamente ou não. O recurso se encontra nas “Configurações de navegador”, no menu principal de configurações da extensão, que leva você a uma nova guia no navegador.

No entanto, não recomendamos o uso das extensões já que nossos testes de segurança mostraram que eles vazam dados.

Tecnicamente, as extensões para navegadores do Hotspot Shield também podem ser instaladas em navegadores Opera por meio da loja web do Chrome, mas isso não funcionou de forma adequada nos nossos testes.

Facilidade de uso

Aplicativos simples com poucas opções de customização

8,2/10
Como isso é calculado?

A nota dada aqui depende, principalmente, de quão fácil e intuitivo é configurar e usar regularmente a VPN.

As opções de personalização e a compatibilidade com dispositivos ou plataformas também são consideradas (ver seção acima).

Os aplicativos do Hotspot Shield são muito agradáveis de usar graças a uma interface simples e um design elegante. Não há qualquer dificuldade no uso e os aplicativos são bem consistentes entre si em termo de recursos e design. Por outro lado, encontramos vários CAPTCHAs ao testar a VPN e o aplicativo macOS não tem as mesmas opções de customização e opções de atalhos que o Windows.

VPN n. 21 de 65 para Facilidade de uso

Os aplicativos do Hotspot Shield são simples, bem projetados e, em grande parte, consistentes nos diferentes dispositivos. Felizmente, todos eles estão disponíveis em português, deixando eles ainda mais intuitivos caso seja esse o seu idioma de preferência.

Confira abaixo uma visão geral da nossa experiência com o Hotspot Shield em diferentes dispositivos e plataformas:

Desktop e laptop (Windows e macOS)

O Hotspot Shield é mais personalizável no Windows que no macOS, com opções de conexão automática, minimização e inicialização ao abrir.

Existem opções de atalhos úteis disponíveis no Windows, como para conexão e desconexão VPN (Ctrl + Shift + C). É um recurso raro que faz a experiência do usuário ser muito mais eficiente.

Aplicativos VPN do Hotspot Shield para Windows e macOS

O Hotspot Shield no macOS (esquerda) e Windows (direita) aparenta ser mais complexo do que realmente é.

O aplicativo macOS não conta com esses recursos e é muito mais simplificado. Ele consiste de um botão principal de conexão, uma lista de servidores e um menu de configurações que inclui seleções de protocolo e tunelamento dividido. Para além do tunelamento dividido, não há opções de customização e você não pode redimensionar a janela.

Pode ser algo atrativo para usuários que querem uma experiência simples de “proteção em um clique”, mas usuários mais avançados, que desejam um controle mais completo de sua experiência, devem considerar usar a versão Windows, ou outra VPN.

Nenhum dos aplicativos é complicado e ambos contêm o útil tunelamento dividido (apenas para o protocolo Hydra).

Dispositivos móveis (iPhone e Android)

Os aplicativos móveis do Hotspot Shield são ainda mais simples que os clientes de desktop, com um grande botão de conexão, uma lista de servidores e um menu de configurações idêntico.

A maior diferença entre os aplicativos móveis e para desktop é a inclusão de servidores para streaming e jogos para dispositivos móveis.

Os aplicativos para iOS e Android são quase idênticos, oferecendo uma experiência tranquila e fácil.

Aplicativos VPN do Hotspot Shield para Android e iOS

O Hotspot Shield para Android (direita) é idêntico ao aplicativo para iOS (esquerda).

A única diferença é a adição da VPN sempre ativada no iOS, um recurso técnico que garante que você não irá usar aplicativos ou visitar sites sem a proteção do Hotspot Shield.

Muitos CAPTCHAs

Enfrentamos vários CAPTCHAs ao navegar pela Web com o Hotspot Shield. Os CAPTCHAs ocorrem quando uma VPN não atualiza os endereços IP e o uso excessivo deles é sinalizado como suspeito. Ter de ficar comprovando que é um ser humano pode se tornar cansativo rapidamente e frustrou a nossa equipe.

O Hotspot Shield deveria atualizar a lista de endereços IP. Ter a opção de adquirir um endereço IP dedicado também ajudaria a prevenir isso, mas ainda não está disponível em nenhum dos planos de assinatura do Hotspot Shield.

Suporte ao cliente

Suporte por chat ao vivo apenas para clientes pagos

8,2/10
Como isso é calculado?

A nota é baseada na nossa avaliação dos seguintes serviços de cada VPN:

  • Atendimento por e-mail
  • Suporte por chat ao vivo
  • Recursos online

Nem todas as VPNs oferecem todos esses serviços e, normalmente, a qualidade e tempo de resposta variam.

O Hotspot Shield tem um recurso de chat ao vivo disponível 24h todos os dias, mas é disponibilizado apenas para assinantes. Os usuários da versão gratuita não têm o mesmo nível de apoio. Há guias e recursos disponíveis no site, mas nada em formato de vídeo.

VPN n. 21 de 65 para Suporte ao cliente

O Hotspot Shield oferece suporte ao cliente das seguintes formas:

Suporte ao clienteDisponível com Hotspot Shield
Chat ao vivo 24h Sim
ChatbotNão
E-mailNão
E-mail 24hNão
Formulário de suporteSim
Recursos onlineSim
Tutoriais em vídeoNão

O Hotspot Shield oferece, de forma ininterrupta, um chat ao vivo bem-informado e com respostas rápidas. Essa é de longe a melhor forma de ter suas dúvidas respondidas e problemas solucionados, mas você precisa ser um assinante pago para usar o recurso.

Isso torna o processo de fazer uma pergunta simples lento, porque obriga você a usar seus dados de acesso.

A Hide.me e a Surfshark oferecem um chat ao vivo útil sem a necessidade de comprovar a sua assinatura. O Hotspot Shield poderia ao menos oferecer um chatbot para um suporte rápido e interativo.

Você vai encontrar respostas para perguntas básicas na seção base de dados de conhecimento e FAQ, que é bem completa e fácil de navegar.

Para além disso, o sistema de suporte ao cliente do Hotspot Shield é mínimo, sem guias em vídeo ou comunidade online disponíveis. Perde em muito para o suporte de fácil acesso e especializado de VPNs como Hide.me e ExpressVPN.

Preço e custo-benefício

Preço competitivo, mas há VPNs com melhor custo-benefício

7,5/10
Como isso é calculado?

O preço e o custo-benefício são avaliados, mas não são considerados na nossa nota geral. Acreditamos que o leitor deve decidir o que é ou não um preço razoável.

Uma boa nota nesse quesito não se baseia apenas no preço da VPN, mas no custo-benefício geral dela.

O Hotspot Shield Premium custa R$ 16,58 por mês no plano de assinatura mais barato. É um preço competitivo, mas há VPNs mais baratas e melhores no mercado. Ele conta com um período de reembolso generoso de 45 dias e um teste de sete dias, mas não há garantias de reembolso e não é possível pagar com criptomoedas privadas.

VPN n. 13 de 65 para Preço e custo-benefício

Confira abaixo todos os planos atuais do Hotspot Shield Premium:

  1. Mensal

    R$ 72,01/mês

    R$ 72,01 por mês
  2. 12 Mês(es)

    R$ 44,30/mês

    R$ 531,54 por ano
    Economize 38%
  3. 3 Ano(s)

    R$ 16,58/mês

    R$ 596,74 por três anos
    Economize 77%

O Hotspot Shield oferece um plano de assinatura de três anos por R$ 16,58 por mês. É um bom preço, mas a VPN não chega nem perto das concorrentes como a Private Internet Access ou Surfshark em custo-benefício. Elas são ambas VPNs de melhor qualidade e menor preço, custando R$ 12,14 e R$ 12,70, respectivamente.

Junto às ofertas de assinaturas comuns, existe o plano “Premium Family”, que permite que você tenha até cinco contas diferentes na mesma assinatura, com um limite de cinco dispositivos cada, 25 dispositivos ao todo. O custo é de R$ 110,82 por um mês ou R$ 66,47 ao mês por um ano.

Métodos de pagamento

  1. American Express
  2. Mastercard
  3. PayPal
  4. Visa

A seleção de formas de pagamento é limitada e não inclui pagamentos em criptomoeda, como o Bitcoin. É uma grande desvantagem para usuários preocupados com privacidade que querem evitar que a transação deixe qualquer rastro.

Período de reembolso de 45 dias, sem garantias

Caso adquira o Hotspot Shield você pode pedir o seu dinheiro de volta em 45 dias. Junto ao do CyberGhost, é um dos períodos de reembolso mais generoso que já vimos.

No entanto, ao contrário do CyberGhost, o Hotspot Shield exige que você envie um formulário de reembolso. Se você vai receber o dinheiro de volta ou não depende da decisão do Hotspot Shield. Está longe de ser a garantia “incondicional” que a maioria das outras VPNs oferece e é um tanto mesquinho.

Hotspot Shield Grátis: restrições de dados, suporte e servidores

O Hotspot Shield conta com um teste grátis de sete dias, mas também disponibiliza uma versão gratuita chamada Hotspot Shield Basic. Essa versão permite que você use a VPN sempre que quiser, mas com algumas restrições.

Hotspot Shield Basic

O Hotspot Shield Basic impõe diversas restrições.

O Hotspot Shield Basic tem um limite de 500 MB por mês e uma rede de apenas três países. Além disso, a versão para Android contém anúncios irritantes e o suporte por chat ao vivo não está disponível.

O Hotspot Shield Grátis não funciona para assistir séries por streaming, não permite o download de torrent e as restrições de servidores impedem os usuários de acessarem uma seleção maior de endereços IP internacionais.

A versão gratuita também vende dados a anunciantes. Por isso, não consideramos o Hotspot Shield Grátis uma das melhores VPNs grátis.